Controle de acesso seguro com portaria inteligente

Publicado em 30 de maio de 2021
Lorem Ipsum

Elas oferecem o que há de mais avançado em tecnologias de controle de acesso para condomínios residenciais


Em segurança, controle de acesso diz respeito a controlar a entrada e saída de pessoas dentro de um determinado local, seja uma loja, propriedade, sala, residência, condomínio, prédio, empresa, órgão. Seja por meio de pessoas, ou com uso de tecnologia, ou ainda de uma combinação dos dois.  


Os condomínios residenciais cada vez mais vêm implantando este tipo de controle de acesso. E ele vai bem além da automatização de portões com motores e controles remotos. São TAGs que substituem chaves, QR codes recebidos ou gerados nos aparelhos celulares para abrir portões, liberação via identificação remota em interfone inteligente.


Essas tecnologias são comuns nas portarias inteligentes (ou portarias remotas), que oferecem o que há de mais avançado em controle de acesso para condomínios residenciais. Elas permitem identificar quem entra e quem sai, a que horas, para onde vai, quanto tempo demora e quem autoriza a entrada de qualquer pessoa que venha acessar o condomínio.


E funcionam, inclusive, para controle interno e reservas dos síndicos e dos moradores em áreas comuns, como piscinas, salões de festas, espaços gourmets, academias. Além de recebimentos de correspondência e mercadorias. São inúmeras e acessíveis as vantagens do controle de acesso via portaria inteligente.


A portaria inteligente do GrupoSEG controla a entrada e saída de pessoas em tempo real, em condomínios residenciais ou prédios comerciais, graças ao uso de modernas tecnologias. Além do expressivo aumento da segurança, o sistema promove redução dos custos com folha de pagamento e encargos de funcionários da portaria em até 60%.



E no GrupoSEG, o serviço de portaria inteligente dispõe “em casa” de todos os itens de monitoramento por câmeras, central de monitoramento 24 horas, além de vigilância e moto patrulha para qualquer eventual problema que seja identificado, garantindo pronto-atendimento e com o melhor custo-benefício.


Em abril de 2019, o síndico Gustavo Alencar fez pesquisa sobre os serviços de portaria inteligente no Grande Recife e optou pelo GrupoSEG. Após as decisões em assembleias, o serviço foi instalado e segue garantindo a segurança dos moradores de um condomínio no bairro de Jardim Atlântico, em Olinda.


“Tudo que é novo gera uma resistência. Mas nada que o condomínio não conseguisse se adequar. Melhorou muito a segurança e controle de acesso das pessoas, além do custo-benefício ser muito positivo. O GrupoSEG eu já conhecia do mercado de segurança e de outros serviços prestados para condomínios. E o que mais me chamou a atenção foi a prestação do serviço e a confiança do trabalho que eles oferecem”, destaca Alencar.


A resistência é um fato e é comum em relação ao serviço. No entanto, é superada quando se conhece os benefícios em segurança e economia, além da praticidade oferecida pelo sistema. Assim também conta Henrique Falcão, morador e síndico de um condomínio de 28 unidades habitacionais, no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, que tem a portaria inteligente do GrupoSEG.


“No começo, eu não queria: fui voto vencido. Tinha ressalvas de ordem social e operacional. Era um equipamento pouco difundido no Grande Recife, naquela época, em 2019: duas empresas só fornecendo o serviço e poucas unidades funcionando...”, lembra Henrique Falcão.


“Mas, na questão da segurança, percebi rapidamente que estaríamos muito mais seguros. Tivemos um evento no começo e os patrulheiros chegaram muito rápido. O serviço do GrupoSEG surpreendeu muito positivamente e indico para qualquer pessoa. O negócio funciona de verdade”, acrescenta Falcão.


Para os moradores, é a praticidade de poder entrar no condomínio ou sair dele acionando a abertura dos portões com o uso de uma TAG ou de um aplicativo de celular, de forma segura e personalizada. E com todo o procedimento registrado em imagem. Além do sistema de eclusa, que funciona com uma pequena área de espera, entre a rua e o condomínio.


E, se por alguma razão, o morador ou moradora não estiver com os controles de acesso ou o celular, basta chamar o operador via interfone inteligente e se identificar para poder entrar no condomínio.


Para os visitantes e prestadores de serviço, o acesso é via um código enviado ao celular do visitante ou prestador de serviço. O código é programado com restrições de entrada, por data e hora. A outra é via interfone externo para falar com o atendente e identificar-se.


Todas as ferramentas de acesso são de uso individual, o que garante que só você deverá ter contato com elas; e que elas devem ser higienizadas. Ou seja: é uma solução segura mesmo em tempos de pandemia de vírus.


O serviço de portaria inteligente do GrupoSEG garante economia nos custos da portaria, mais segurança para todos os seus condôminos e inovação tecnológica com acabamento que alia solução e design que harmonizam com a entrada do seu condomínio.


 

Portaria inteligente ou portaria remota? Essa é uma pergunta comum quando condôminos estão querendo saber mais informações sobre a portaria inteligente. Um jeito fácil de explicar é que, na prática, ambos têm a mesma finalidade: oferecer controle de acesso seguro a moradores e prestadores de serviço em um condomínio, por meio de uma central de monitoramento.


Diferentes da portaria virtual ou da portaria à distância, que costumam funcionar com acesso via internet, o que as deixam sujeitas à instabilidade de sinal. A portaria inteligente funciona com um link direto, ponto a ponto, via fibra ótica ou rádio.


“Imagina que entre o seu prédio e a central de monitoramento há vias comuns de acesso, que todos passam; é como se a gente criasse um túnel expresso e exclusivo de informação entre o seu condomínio e a central de monitoramento. Isso significa dizer que o serviço não cai se a internet ficar instável”, explica o gerente comercial do GrupoSEG, Alexandre Santos.  


Novas tecnologias vêm sendo agregadas ao serviço de controle que já podem ser estendidas a outras áreas que não só portaria, como automatização de caixa d’água, de sistema de comunicação interna, dentre outros, por isso, também, o nome de portaria inteligente.


O serviço de portaria inteligente reduz a vulnerabilidade de condôminos e porteiros, e gera uma economia significativa nos custos da portaria que podem ser revertidos, inclusive, em melhorias para o próprio condomínio. Segurança com tecnologia também para o dia a dia dos condomínios residenciais.



*Texto publicado originalmente na Revista do Condomínio, edição abril de 2021


Compartilhar: